sexta-feira, 24 de junho de 2016

A greve continua...

No dia 22-06 a assembleia do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação vota pela continuidade da greve dos profissionais da educação. Assista o vídeo com a saudação dos estudantes do Ocupa Cinamomo e com as falas dos dois coordenadores gerais do SEPE Rio Das Ostras/Casimiro de Abreu:

https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/995971547184820/

https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/996077900507518/

Esta decisão é devido ao secretario de educação Wagner Victer não ter feito nenhuma negociação das pautas reivindicativas da greve durante a última semana. O dia 22-06 entrará para a história da categoria como o dia em que o SEPE conseguiu através da greve aprovar na ALERJ a redução da carga horária de 40h para 30h para os funcionários administrativos, provando que só a luta muda a vida. Haverá na próxima terça 28-6 uma nova reunião de negociação de greve com o secretario. A próxima assembleia de greve sera na quarta 29-6. Após a assembleia os educadores fizeram um ato de greve nos trilhos do VLT, pois tem dinheiro para Olímpiada, mas não tem para educação, por isso a greve continua, Dornelles a culpa é sua!









terça-feira, 21 de junho de 2016

Educadores da rede municipal de Rio das Ostras compareção a assembleia do SEPE Rio das Ostras, para discutirmos ações concretas contra a precarização das escolas e contra o reajuste 0% que prefeito Sabino ofereceu para os servidores nos últimos anos, só a luta muda a vida!

sexta-feira, 17 de junho de 2016

A greve continua, Fora Wagner Victer!

A Assembleia da rede estadual de profissionais da educação em greve contou com a participação de mais de 2 mil pessoas e votou pela continuidade da greve, já que o secretario de educação Wagner Victer e o governador Dornelles insistirem em apresentar reajuste 0% para a categoria que já ultrapassou os 100 dias de greve. A assembleia entendeu que não haverá volta ao trabalho sem reajuste salarial, pois os funcionários públicos da educação do Estado estão há 2 anos sem reajuste e a inflação corroeu o seu poder aquisitivo. Assista aos vídeos dos educadores do SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu defendendo a continuidade da greve:

 https://www.facebook.com/LutaEducadora/videos/1012959882115957/

https://www.facebook.com/LutaEducadora/videos/1012997088778903/

https://www.facebook.com/rodrigo.china.752/posts/10202017012462444

Após a assembleia do SEPE, os profissionais das redes públicas estadual e municipal do rio e demais categorias da educação se concentraram na candelária, de onde sairam em passeata até a central do brasil em defesa da educação pública e contra os ataques aos direitos dos trabalhadores.
Próxima assembleia dia 22 de junho às 11h, com ato a tarde, só a luta muda a vida!



quinta-feira, 9 de junho de 2016

Governo propõe O% de reajuste e greve continua

ASSEMBLEIA DA REDE ESTADUAL DECIDIU QUE A GREVE CONTINUA. 
Após a negociação com o secretario de educação estadual Wagner Wicter na última terça, onde o secretario apresentou 0% de reajuste para os profissionais da educação que estão a mais de 90 dias em greve. 
A categoria pede reajuste salarial de 30%, redução para 30 horas semanais para jornada de trabalho para funcionários da área administrativa, cumprimento de uma lei estadual que estabelece aumento para os servidores com curso de pós-graduação, destinação de um terço da carga horária de trabalho para atividade de planejamento e a volta da data de pagamento para o segundo dia útil do mês, como era até dezembro de 2015. Na assembleia os estudantes do Ocupa Cinamomo Coletivo Construção falam pela continuidade da greve na assembleia geral do SEPE RJ - Oficial, assista ao vídeo:
Paulo representante de base da assembleia do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu defende a continuidade da greve, assista o vídeo:

O SEPE fez um ato da Candelária até a ALERJ e foi recebido pela comissão de educação da ALERJ que discutiram a possibilidade de pressionar o governo a sinalizar com uma proposta de reajuste para a categoria em greve. Assista ao vídeo do ato:https://www.facebook.com/correiodorio/videos/1728407790782311/?pnref=story
Assista também o vídeo do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu junto com o Ocupa Cinamomo e o Coletivo Construção no ato na ALERJ cantando o Rap feito na ocupação estudantil:


- Próxima assembleia dia 16 de junho (quinta), às 10h na quadra da São Clemente.
- No mesmo dia 16: participação no Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública, com concentração às 15h, na Candelária, com marcha até a Central do Brasil.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

A greve continua Dornelles a culpa é sua!


A Assembleia da Rede Estadual de Educação realizada no Clube Hebraica (02.06) decidiu por unanimidade que a greve dos profissionais de Educação continua. Assista o vídeo com a fala dos militantes do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu, Paulo e Winnie Freitas:
Ontem completou 90 dias de greve e até agora o governo propôs 0% de reajuste. Em seguida à assembleia os educadores realizaram um ato em frente ao Palácio Guanabara nas Laranjeiras e fecharam as duas pistas da via que só foram liberadas quando o Secretário de Educação chegou para negociar com os presentes.

Assista ao vídeo do ato:https://www.youtube.com/watch?v=8I45E6f0WTo

PRÓXIMA ASSEMBLEIA DE GREVE DO SEPE RIO DAS OSTRAS/CASIMIRO DE ABREU SERÁ 06/02/2016 SEGUNDA NA ESCOLA ESTADUAL CINAMOMO AS 18H, COMPAREÇA...

VEJA O QUE FOI DISCUTIDO NA AUDIÊNCIA COM O GOVERNO NO PALÁCIO
Na audiência com Wagner Victer e o secretário de Governo Afonso Monerat que terminou há pouco, no Palácio Guanabara, os representantes do Sepe cobraram a posição do governo a respeito dos seguintes pontos da pauta: 30 horas de funcionários, 1/3 de planejamento, pagamento por enquadramento, calendário de pagamento e reajuste salarial - o Sepe também exigiu que o governo faça um documento sobre a posição oficial sobre cada um com destes pontos para que o sindicato possa apresentar na assembleia do dia 8.
O secretário de Governo Afonso Monerat marcou para terça, dia 7, um novo encontro para apresentar esse documento ao Sepe.
O governo também vai receber na terça os estudantes da ocupação da Seeduc.
O Sepe cobrou também uma audiência para as outras categorias que estão em greve.
A próxima assembleia será na quarta (dia 08 de junho), às 10h, em local a confirmar – neste dia, logo após a assembleia, ocorrerá uma passeata da Candelária até a ALERJ.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Assembleia vota a continuidade da greve e ato na SEEDUC 24/05/2016

Assembleia do SEPE com mais de 2000 credenciados vota por unanimidade a continuidade da greve, apesar dos avanços nas pautas pedagógicas, os educadores exigem reajuste salarial para sair da greve e o atendimento das reivindicações das escolas ocupadas pelos alunos secundaristas.
Assista ao vídeo das intervenções de Paulo de Casimiro de Abreu representante de base da assembleia do SEPE Casimiro de Abreu/Rio das Ostras e do Luciano Barboza Coordenador Geral do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu.

https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/978528698929105/

https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/978634135585228/

Estudantes Bernardo Salgado e Mirlainy Santoos do Coletivo Construção e do Ocupa Cinamomo de Rio das Ostras, falaram em apoio a continuidade da greve dos profissionais da educação na última assembleia do SEPE RJ - Oficial, que ocorreu em 24/05/2016 na quadra da G.R.E.S. São Clemente. Só a luta muda a vida!
https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/983306698451305/

Além disso, a assembleia decidiu marcha da Escola de Samba São Clemente local da assembleia na avenida presidente Vargas até a secretaria de educação.

https://www.facebook.com/LutaEducadora/videos/1000589820019630/

A SEEDUC havia sido ocupada pelos estudantes que foram retirados com muita violência pela policia militar as 4h da manhã do dia 21/05/2016, por isso a assembleia do SEPE decidiu fazer um ato neste local. A ideia também era ser recebido pelo novo secretario de educação Wagner Victer. O ato do SEPE junto com estudantes das escolas ocupadas na SEEDUC terminou com nova agressão da PM sobre os estudantes e profissionais da educação e Wagner Victer não recebeu os representantes dos manifestantes. Fora Wagner Victer e sua violência contra educadores e estudantes! Só a luta muda a vida, a greve contínua Dornelles a culpa é sua!



segunda-feira, 23 de maio de 2016

CONSTRUÇÃO CULTURAL 22/05/2016 no #OCUPACINAMOMO

CONSTRUÇÃO CULTURAL 22/05/2016 no #OCUPACINAMOMO

O Professor Jonathan é diretor do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu esse brilhante texto sobre a ocupação cultural do Coletivo Construção no Ocupa Cinamomo, só a luta muda a vida!

É preciso não ter medo, diz uma frase que agora compõe a nova estética do Cinamomo. Antes, as paredes não reclamavam seus limites e os estudantes sentiam que não tinham voz! Agora eles não têm medo, como o poeta-guerrilheiro que subscreve a frase pichada, Marighella, aquele que indiferente à dor morreu murmurando o nome da Liberdade!
Era, desde há muito, necessário ter coragem, e era necessário gritar. O grito é este acúmulo de silêncios. Agora aquelas paredes gritam em tom poético e numa estética rebelde, segura, determinada a certeza de que não haverá silêncio!
Todas as revoluções são impossíveis até se tornarem inevitáveis. Quem entrou ontem no Cinamomo se deparou com a prática desta teoria que violentamente rompeu o silêncio da parede frente ao portão. Algum tipo de revolução inevitável se desenvolve célula por célula, escola ocupada por escola ocupada. O Cinamomo, única das cinco escolas de Rio das Ostras ocupada, é um espaço vivo de construção de uma nova sociedade, um experimento de sociabilidade e convivência coletiva, de decisões plurais e de gestão democrática.
O que esta geração está escrevendo, ao citar gerações que os precederam, é que a luta é um contínuo, e que, por isto mesmo, reivindicar as experiências e os aprendizados históricos de lutas é revolucionário.
Nossa teoria é um chamado pra ação, diz a letra do rap de Bernardo Salgado. Como uma pichação no cérebro de quem reflete, pensa, questiona, critica, o nosso letrista convida a sociedade a se posicionar não só no discurso, mas na prática. E isto foi o CONSTRUÇÃO CULTURAL: A prática do discurso.
As apresentações que lá ocorreram envolveram as principais figuras do cenário artistico-cultural-alternativo (salvas exceções que não puderam estar presentes) da cidade de Rio das Ostras. Numa conjuntura em que o oportunista Michel Temer acaba com o Ministério da Cultura e os artistas e profissionais da área se sentem compelidos a se posicionar, o #OcupaCinamomo se configura como o espaço de de expressão de inconformidades por excelência! O território mais crítico que aglutinou o movimento de resistência negra e feminina com o Mulheres Mais Ativas (MMA), a violenta e necessária arte de rua (se ela me permite dizer assim), de Gabriela Marquez, o olhar preciso e sempre terno de Sagui Gepeto, a ácida crítica de Tailor Vinhoza ao status quo, a experiência em produções de eventos do Coletivo Mucambo, as vozes que (en)cantam a cidade de Renata Cabral (com seu parceiro Jefferson Eduardo Ferreira), Arnaldho de Sá, Marcos Matarazzo, Misha, Urbanamente. O Clube do Vinil marcou a sua presença ckmo já tem feito abrilhantando o evento. Várias oficinas aconteceram com exposição de desenhos, pinturas, poesias (e eu tive a oportunidade de apresentar meus escritos junto a estas grandes estrelas que compuseram esta Constelação Cinamomo).
O encantador de pessoas, André De Oliveira Miguel foi mais que um Mestre de cerimônia, o exemplo do Griôt que não permitia o desânimo ou o cansaço, dançando, apresentando as atrações, ou contando histórias (na presença da dupla AnJos-Contadores de Histórias - da qual eu também faço parte).
Tivemos a presença de diversos lutadores. O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação, junto aos profissionais que representa, esteve lá demonstrando que esta luta pela educação pública, laica, de qualidade, socialmente referenciada, com gestão democrática é uma luta de todos. Profissionais da UFF também estiveram lá, apoiando o movimento assim como muitos estudantes universitários. Muitos pais, com seus filhos, com crianças, refutaram a tese difundida por uma certa diretora de que ali poderia haver algum risco à sua integridade física. O risco que qualquer pessoa sofre hoje ao entrar no Cinamomo é o risco de pensar que as coisas podem ser diferentes.
Mas na confluência de todas estas vozes num grito uníssono que se poderia traduzir na expressão #OcupaTudo, uma voz se sobressaía: a voz dos estudantes secundaristas. Esta voz que ecoa em mais de 80 escolas ocupadas no estado do Rio de Janeiro, em mais de 150 no Rio Grande do Sul e, salvo engano, em mais de 30 no Ceará, além das de São Paulo, (e que ecoou também no Espírito Santo e em Goiás no final do ano passado) sabe que tem algo a dizer e quer dizer este algo e está dizendo (não posso deixar de citar também as diversas ocupações dos prédios do MinC, a ocupação da ALESP, as ocupações da SEEDUC-RJ).
Como na história em que as crianças levantam o céu esta geração poderá fazer coisas inacreditáveis. Para isto, precisam prosseguir firmes nesta luta, precisam estar ombro a ombro com outros lutadores, precisam demonstrar a coragem que já lhes salta pelos olhos inevitavelmente.
Agora, em que o muro vai se tornando mais fino e já não é possivel se equilibrar todos têm de se decidir para que lado querem ir: o lado dos governos que sucateiam os serviços públicos e prejudicam as nossas vidas para continuar privilegiando aquela ínfima minoria rica, ou o lado de lutadores e lutadoras que decidiram gritar, seja com a garganta ou nas paredes, que nao darão um minuto sequer de trégua aos nossos algozes.
Finalizo com agradecimento ao Coletivo Construção, idealizador deste belíssimo evento, em especial às produtoras culturais do coletivo: Taiany Oliver e Ana Carolina Ferreira! Foi um dia inesquecível.
#OcupaCinamomo
#OcupaTudo
#ColetivoConstrução