quarta-feira, 24 de agosto de 2016

ATENÇÃO REDE ESTADUAL: INFORMAÇÕES DA DIREÇÃO DO SEPE SOBRE REPOSIÇÃO


 A DIREÇÃO DO SEPE INFORMA A CATEGORIA:

1) A Direção do SEPE orienta os profissionais da educação que participaram da greve no primeiro semestre deste ano que fiquem atentos as informações do site do SEPE, que é o canal oficial de informações do sindicato;

2) A Direção do SEPE orienta a categoria que durante o recesso de agosto se dirija a escola para evitar o código 30 (código de falta). Nesse período deverá iniciar atividades de planejamento da reposição e reuniões pedagógicas; no caso de presença de alunos podem ser ministradas aulas;

3) Conforme deliberado na Assembleia do dia 09/08 os profissionais da educação devem elaborar planilhas de reposição com início a partir de setembro;

4) A categoria deverá procurar as coordenações de núcleos e regionais para tratar de questões específicas;

5) A categoria deverá denunciar às direções dos núcleos e regionais qualquer tipo de tentativa de coação, assédio ou qualquer outra forma de imposição por parte do governo. Caracterizada qualquer uma dessas situações o Departamento Jurídico do SEPE será acionado.

sábado, 6 de agosto de 2016

Prisão de diretor SEPE na manifestação pacífica na passagem da tocha olímpica

O professor Jonathan De Oliveira Mendonça, diretor do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu licenciado e outros educadores e estudantes foram agredidos por policiais militares, e detidos na delegacia de Rio das Ostras pela manifestação pacífica na passagem da tocha olímpica. O SEPE repudia todo cerceamento ao direito de manifestação.
VEJA O VÍDEO DAS AGRESSÕES E PRISÕES SOFRIDAS PELOS MANIFESTANTES na mobilização em Rio das Ostras na passagem da tocha olímpica. A violência contra a mulher faz parte do cotidiano de Rio das Ostras (assim como do Estado do Rio e do Brasil), reflexo da falta de políticas públicas efetivas para combater a cultura do estupro.
Ajude-nos a compartilhar! Precisamos construir esta luta contra o machismo e contra a criminalização dos movimentos sociais! Vídeo:
https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/1023769947738313/?hc_location=ufi

Abaixo o depoimento do Professor Jonathan que foi libertado ontem 01/08/2016 da prisão por fazer uma manifestação contra os estupros na passagem da tocha olímpica por rio das Ostras- RJ:
"Obrigado a todos que se solidarizaram e se posicionaram contra a nossa detenção arbitrária! Precisaremos de todos juntos nesta luta! Se comover é importante, mas é pouco! É hora de lutar! Agora o muro vai ficando estreito e já não é possível se equilibrar em cima dele! E você precisa decidir de que lado está! Amanhã, estaremos todos às 10h no Teatro Municipal de Rio das Ostras onde exigiremos que arbitrariedades como esta não ocorram novamente e onde nos manteremos firmes na luta contra o estupro!
Às dezenas de pessoas que foram até a delegacia e ficaram em vigília aguardando a nossa saída nosso mais profundo agradecimento! O mesmo àqueles que nos acompanharam até o hospital! Aos sindicatos, entidades, ao PSOL e aos movimentos sociais que prestaram solidariedade através de cartas, de auxílio jurídico etc., muito obrigado! A solidariedade de classe é o capital que a classe trabalhadora tem de acumular para avançar na construção de nosso projeto socialista! Às companheira Alice, Raylane e Camila e ao companheiro Bernardo, todos detidos, minha solidariedade! É um prazer enorme estar ombro a ombro com vocês nesta luta!
Nossa detenção política foi só mais uma arbitrariedade desta polícia militar racista, machista e homofóbica, o braço armado da burguesia! Não nos calarão!
P.S.: Agora pude entender melhor a frase que diz que "nada causa mais horror à ordem que mulheres que sonham e lutam"! Só a luta muda a vida, camaradas!"
A assembleia geral do SEPE RJ - Oficial aprovou uma moção contra a criminalização dos movimentos sociais e pela imediata retirada do processo criminal feito contra os militantes. Assista o
Só a luta muda a vida!

quarta-feira, 3 de agosto de 2016


Assembleia sobre reposição de aulas

Assembleia geral do SEPE sobre reposição de aulas e calendário de lutas, assista a fala dos companheiros do núcleo:https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/1021468127968495/?pnref=story
A assembleia de 30/07/16 decidiu aprovar a reposição com desvinculação calendário letivo, que será levada no encontro com a SEEDUC. Segue a proposta para audiência na terça feira:
Recesso em agosto para todos, inclusive servidores de escolas ocupadas. Suspensão desse calendário e proposta de outro:
1) Sem aula aos sábados e nos contra-turnos;
2) Respeitando férias em janeiro;
3) Com redução do ano letivo de 200 para 180 dias (permitido pela LDB em caso de calamidade pública);
4) Descontando dos dias letivos o 1/3 de planejamento que não é cumprido pelo governo.

Excepcionalidades:
> Alunos do 5º Ano do fundamental e do 3º Ano do ensino médio serão diplomados em dezembro c/ o conteúdo dado até então, sem qualquer aumento da carga horária para os professores dessas turmas.
> No NEJA os módulos continuam após o recesso de onde pararam, também sem acréscimo na carga horária dos professores.
Nova assembleia em 05/08/16 ( 6ª feira) às 10h.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Fim da greve da rede estadual


Reunidos em assembleia nesta terça, na quadra da São Clemente, os profissionais da educação da rede estadual decidiram pela suspensão da greve.
A categoria aprovou estado de greve e a próxima assembleia acontecerá no sábado dia 30 de julho às 13h. Conselho deliberativo será no mesmo dia pela manhã.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Assembleia da rede municipal de Casimiro de Abreu


A greve continua...

A assembleia do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro realizada no dia 19/7 votou por ampla maioria a continuidade da greve. Assista a defesa da continuidade da greve feita pelo Professor Luciano coordenador geral do SEPE Rio das Ostras/Casimiro de Abreu:
https://www.facebook.com/professormarquinho/videos/623048457863751/
Assista também a fala do representante de base do comando de greve:
https://www.facebook.com/SEPERiodasOstras1977/videos/1014100025371972/
Após a assembleia, os educadores fizeram um ato em defesa da estabilidade dos servidores públicos e por mais investimentos na saúde e educação.
A votação do projeto de lei que que alterava a estabilidade do servidores públicos foi removida da pauta devido a pressão dos servidores. Essa pressão ocorreu dentro da ALERJ e os servidores foram retirados a força pelo choque policial. Além disso, milhares de servidores que protestavam do lado de fora da Assembleia ajudaram decisivamente na mobilização. Houve uma vitória parcial dos grevistas em manter sua estabilidade no emprego. Só a luta muda a vida!